Dadocracia – Episódio 40 – Dados expostos da Saúde

Publicado em dezembro 16, 2020

Num ano em que o trabalho do Ministério da Saúde no enfrentamento da epidemia da Covid-19 foi muito contestado, uma série de matérias do Estadão mostrou que o descaso do […]

Num ano em que o trabalho do Ministério da Saúde no enfrentamento da epidemia da Covid-19 foi muito contestado, uma série de matérias do Estadão mostrou que o descaso do Ministério também atingiu bancos de dados com informações sensíveis de todos os brasileiros.

No último episódio do ano do Dadocracia, convidamos a jornalista do Estadão Fabiana Cambricoli para discutir os erros básicos cometidos pelo Ministério da Saúde e quais as potenciais consequências dessas falhas.

Veja aqui a matéria do Estadão sobre o erro cometido por um funcionário do Hospital Albert Einstein que expôs dados de saúde de 16 milhões de brasileiros. E aqui a reportagem sobre outro erro do Ministério da Saúde que deixou vulneráveis informações cadastrais sobre toda a população do país. Para terminar, a história sobre alterações nos dados de personalidades da esquerda brasileira, e o artigo que o Rafael Zanatta escreveu sobre esse caso.

Para lembrar casos semelhantes, em 2018 a Folha mostrou uma falha no app do SUS que permitia acessar informações sobre qualquer pessoa apenas com o número do CPF.

Neste episódio, nossa trilha sonora foram artista que perdemos para a Covid-19. Ouvimos Resposta ao Tempo, de Aldir Blanc, Chão de Estrelas, cantada por Carlos José, e Derradeira Primavera na voz de Dulce Nunes.

Tags:
Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *